Visitas

Quase 1.000.000 de visitas.
O teu comentário pode ser uma nova postagem. Comente qualquer uma das nossas postagens, se acharmos que o teu comentário é uma boa besteira, o publicaremos.


Assine este Blog para receber as mais recentes besteiras no teu email ou leitor de feeds.

sexta-feira, 6 de abril de 2012

TUDO É, MAS NÃO É, NA MEDIDA EM QUE O HOMEM DENOMINA

O que é perto para mim pode ser longe para uma formiga. Em termos astronômicos, o que é longe para o homem pode ser perto para um suposto extraterrestre.

Concorda? Se discordar, você poderá estar certo, mas se concordar, poderá, entretanto, não estar errado.

3 comentários:

  1. Você não pode negar que mais longe que o infinito, só outro infinito, não é?

    ResponderExcluir
  2. Pôxa, realmente é intrigante sua acertiva, porque, pelo fato de haver outro infinito, o primeira deixa de ser infinito. Mas, pelo princípio da relatividade, nada é absoluto. Portanto, não posso negar sua ideia.

    ResponderExcluir
  3. E, por outro lado, posso.

    Não é mesmo?

    ResponderExcluir