Visitas

Quase 1.000.000 de visitas.
O teu comentário pode ser uma nova postagem. Comente qualquer uma das nossas postagens, se acharmos que o teu comentário é uma boa besteira, o publicaremos.


Assine este Blog para receber as mais recentes besteiras no teu email ou leitor de feeds.

sábado, 29 de dezembro de 2012

HOMENAGEM AO MURAL

Numa homenagem ao primeiro aniversário do Mural de Besteiras, eis aqui nosso primeiro conteúdo de besteirol. rsrs...



ASNO RUIM DE CASCO


Fui a Osasco,
em asno ruim de casco,
belo fiasco!

Nota do autor.
“Sempre escolha bom asno para suas andanças.”

NATUREZA INUSITADA

Se quiser, acredite. Mas se não acredita, te dou toda razão.

Um coelho e uma galinha se casaram. Tanto a familia dele quanto a dela, por motivos óbvios, sempre foram contra a união.  Porém os noivos, por muito se amarem, insistiram em seu objetivo e, após o casório, foram morar na toca que o coelho, por coincidência, tinha construído numa fazenda onde haviam plantações de cacau. Foi assim que surgiu o primeiro ovo de páscoa.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

NATAL NA TAL ...

Essa historinha aconteceu na cidade Dei Horskjeng, na Alemanha.  A menininha germânica queria ganhar um pintinho amarelinho de presente do Papai Noel. Escreveu a famosa cartinha, colocou na janela, e ficou esperando. Não queria dormir, pois deseja ver o Papai Noel ao vivo, descendo pela chaminé. Passou da meia-noite, deu uma hora, duas e nada dele chegar. Cansada e meio sonolenta foi até a janela, debruçou-se para olhar o céu, na esperança de vê-lo chegar. Caiu da janela, bateu com a cabeça no chão e ficou desacordada. Quando acordou viu que estava com um "galo" na cabeça.  Enfim, Papai Noel não foi NA TAL cidade, porque nem ele sabia onde era, mas ela não deixou de ganhar o tal pintinho, só que veio já como adulto,  em formato de "galo".  Até NA TAL cidade estranha, não deixa de acontecer o NATAL.

A MÃO E O PÃO


De dia, o padeiro põe a mão na massa,
de noite, ele sonha com o pão,
de dia, ponho meu pão na praça,
de noite, sonho com minha mão.

Explicação do autor.
"Tentativa de interpretação de um sonho estranho que tive na noite passada."

domingo, 23 de dezembro de 2012

NÃO SABIA MAS FAZIA


Eu não sei fazer poesia, 
escrevia o que sentia,
no meu dia a dia, 
baseado naquilo que eu via,
ou em textos que lia.
Hoje, lendo o que havia, 
desprezado, que ironia,
vejo que eu sabia, 
talvez sem muita maestria, 
escrever a tal da poesia.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

ISTO NÃO É BESTEIRA, É PARA REFLETR

É satisfatório que o perdão, se possível, seja examinado, pensado e criteriosamente avaliado antes de ser posto em prática, para que não corra o risco de se transformar em um aumentativo de perda.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

ACABANDO COM DIZERES MAL DITOS

É muito comum, hoje em dia, as pessoas se cumprimentarem dizendo "um beijo no seu coração", o que é uma inverdade, porque só quem pode fazer isso é um cirurgião cardiologista, no momento de um operação cirúrgica,  e mesmo assim, se ele gostar de você.
O que falam por aí é "da boca pra fora", o que  é  redundante, porque não dá para falar da "boca pra dentro".

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

ASAS REBELDES

Não gosto de viajar de avião. Prefiro voar com minhas próprias asas.

SONHO COMPLEXO

Esta noite tive um sonho, que não gostei, onde as personagens ficavam à mercê de meu olhar crítico. Foi um sonho literalmente reparador.

domingo, 16 de dezembro de 2012

SANTO DE CARTAZ FLUTUANTE


Há sonhos inconfiáveis, como este, por exemplo.



Porém, "Meu expelho" vem para versejar abaixo:



SANTO DE CARTAZ FLUTUANTE


A ave brilhante
pousou-me de perdão,
no que era voo
de nuvem em torno de chão,

e ela foi alçada
por aquele santo
de cartaz flutuante,
...
e ele a levou para o céu,
nessa noite de tempo,
mero instante,

e eu estou no fio que parte,
no brilho passante,

do tempo que é como ave em voo rasante.

A FILOSOFIA, OU MELHOR, A PSICOLOGIA EXPLICA?

Você já viu um "canhoto canhoto"? se nunca viu, não se preocupe, porque o "canhoto canhoto" costuma, em seus afazeres, usar sua mão direita. Assim, não dá para saber se ele é destro ou "canhoto canhoto". Estranho é se você costuma identificar facilmente quando vê um "canhoto canhoto".

N.A. Para achar lógico este textículo, só seguindo o princípio que diz que "tudo, no universo, faz sentido". Se não segue, mesmo assim você pode continuar a perder tempo lendo esta bobagem. Isto é porque você está aqui, no mural de besteiras, onde podemos flutuar sobre um mar de asneiras.

NADA CONTRA GATOS DE ARMAZÉM

Deve ser incômodo quando gatos de armazém dormem sobre os sacos. Acho que é melhor ser gato de casa, onde os sacos ficam mais bem guardados.

Não é mesmo?

NADA DE PASSARINHO. ESQUECE!!! O QUE NADA É PEIXE

Também estive pensando em ir para roça, bem no interior, e me dedicar à agricultura. Para isso, seria bom adquirir um terreno bem vasto e criar um "canário".
Veja bem, quando digo canário, não me refiro ao passarinho que tem este nome, mas sim a uma "plantação de cana".

Pode? rsrsrsrs

NOVO SANDUICHE (teoria)

Você já experimentou comer um bom sanduiche de pão com melancia? não? nem eu. Mas, ainda há pouco, estava pensando nisto. Por que não inventaram ainda este tipo de sanduiche?

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

O que a humana idade não verá na humanidade

Dia 12 do mês 12, de 2012, 12 horas e 12 minutos, nunca mais vai acontecer, acabou. Daqui para frente ninguém, na sua humana idade, conseguirá rever esse momento na humanidade.

ESCREVER BOBAGENS É BOM!

Para postar uma besteira, não pense muito, não fique preocupado em pagar um mico. Escreva o que vem na cabeça. Quanto mais bobagem, melhor. Siga o princípio básico de que tudo no universo faz sentido.
Mãos à obra!

QUE SUSTO!!!

Ontem, quando abri o portão, levei um susto, pois pensei que estava entrando na casa errada. Mas logo senti alívio, quando me lembrei que, de manhã, havia pintado as paredes da varanda.

Pode? rs

AS BESTAS

Eu nunca vi uma besta quadrada, nem redonda. Acho que as bestas não têm dimensões. Mas que existem, existem. rs

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

POR FALTA DE BESTEIRA MAIOR


Essa é terrível, mas estou sem besteira para escrever no momento:

Se todo mundo já foi ou ainda é um "es-tudante", o que faz na prática um "tudante"? 
Que eles colam, eu já sei, pois vieram de uma "es-cola".

sábado, 8 de dezembro de 2012

NADA DE MALHAR NA ACADEMIA

A sua historinha é interessante. De hoje em diante vou deixar de malhar na academia. Agora vou sair caminhando, pelas ruas do meu bairro, com uma mochila nas costas, um dia cheia de chumbo, outro dia cheia de algodão. Mas vou evitar passar perto de algum rio. É um excelente exercício contra o sedentarismo.
O que acha? rs

ESTA TAMBÉM ME CONTARAM

Em cima dessa sacada têm sete cossós, todos sete com coceira e um só cossó pra se coçar.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

NOVO DIA



                                                                   IDÍLIO

De manhã acordei bem tacanho,
logo após tudo era estranho,

meio-dia perdi toda a pista,
mas depois percebi bela vista,

veio a tarde, eu senti meu cansaço,
mas foi bom, pois ganhei mais abraço,

surge a noite, eu fiquei só na rua,
foi demais contemplar linda lua,

madrugada tocou seu alerta,
respeitar a cidade inquieta,

com a luz veio o sol, novo dia,
finalmente a paz e harmonia.

SÓ QUERIA SEGUIR O SENTIDO DAS VOGAIS, NUMA POESIA CONCRETA

Barro, berro, birro, borro, burro.
Cabro, quebro, quibro, cobro, cubro.
Ca, que, qui, co, cu.
Pata, peta, pita, pota, puta.

ESTA EU NÃO INVENTEI, ME CONTARAM

Comer uma goiaba e encontrar nela um bicho-de-goiaba, não é nada demais. Pior mesmo é morder a goiaba, e encontrar na mesma, meio bicho-de-goiaba.

Pode? ahahahahahahahah....

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

BOBAGENS POÉTICAS

Na calada da noite, o morcego voa, a coruja pia, o bacurau voa rasteiro... Quando amanhece o dia, ao cantar do galo, essa turma vai dormir e eu começo a pintar, versejar e vociferar para o sol.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012


Dizem que elas, as formigas, são trabalhadoras. Para mim, são humoristas, que gostam de comer o nosso doce, e ainda ficam rindo da nossa cara, além de gostarem de fazer ataques em bandos.

Olha como elas são debochadas. Parece engraçadinhas e inocentes. Pura falsidade.

sábado, 1 de dezembro de 2012