Visitas

Quase 1.000.000 de visitas.
O teu comentário pode ser uma nova postagem. Comente qualquer uma das nossas postagens, se acharmos que o teu comentário é uma boa besteira, o publicaremos.


Assine este Blog para receber as mais recentes besteiras no teu email ou leitor de feeds.

domingo, 30 de setembro de 2012

UM PUXADA DE SACO DÓI DEMAIS

Têm pessoas que adoram quando alguém lhes puxa o saco.  Isto parece masoquismo. Sinceramente, eu nunca gostei nem deixei que puxassem meu saco. Deve doer pra caramba!

Pode? rsrsrs

sábado, 29 de setembro de 2012

O BELO QUE FEZ FEIO

A minha reflexão hoje é direcionada ao belo. Na TV o visual tem grande importância, se bem que ultimamente se dá mais importância ao sensacionalismo, e cenas esdrúxulas são mostradas com objetivos de se ganhar uns pontinhos no IBOPE. Eu encaro o feio como belo, porque depende da ótica de como se vê. "Quem ama o feio bonito lhe parece" Só tem um belo que não é feio e nem bonito, é traficante, mas mesmo assim tem quem ache esse belo belo, eu acho feio. E  ele nem belo é, mas vai morrer belo. Se deu bem, heim, belo?

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

PENSAMENTO DO DIA

               Mais vale um pássaro na mão do que uma faca enfiada nela, ou uma granada pronta para explodir, ou fezes de animais, ou segurando um gambá, ou um porco-espinho, ou... tem tanta coisa ruim de colocar na mão, não é?

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

O QUE É QUE TEM LÁ NO TOPO?

Estou propondo uma pesquisa para divulgar coisas úteis para a sociedade,   para uma determinada ou qualquer  uma classe, como por exemplo:
Alpinista - para que serve o alpinista?

domingo, 23 de setembro de 2012

DIAGNÓSTICO


"Um diagnóstico, que determina um estado de loucura individual, pode refletir-se sobre uma civilização inteira."

sábado, 22 de setembro de 2012

domingo, 16 de setembro de 2012

AS COISAS EVOLUEM COM O TEMPO

Antigamente, não existia campo de futebol definido. As partidas eram iniciadas num amplo terreno, sem marcações de linhas de fundo, nem de linhas de lateral. Existiam pessoas que, no decorrer das pelejas, iam levando duas varas, que substituíam traves, sem travessão, para lá e para cá, acompanhando a bola e, consequentemente, os jogadores.  Certa vez, por exemplo, um jogo de futebol começou em Irajá e terminou em Madureira. Tempos depois é que inventaram as linhas que delimitam o campo.

Conta outra! ahahahaha...

CASCOS E LATIDOS

Situação a qual reputo muito barulhenta é o passar, ao trote, de algum equino, sobre o asfalto, puxando uma carroça. Os cachorros de toda a vizinhança, em coro, latem freneticamente,  e sem parar.

Pode?

RI QUE DÁ

O Agrepino sugere:
"Uma boa gargalhada escancara sua boca e abre seu coração."

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

É MUITA DOR


As pessoas reclamam ao sentirem dor. É dor de dente, dor de ouvido, dor no nariz, dor de cabeça, dor aqui, dor ali, dor acolá, etc. Todas as partes do corpo doem. Mas tem uma que não. Nunca vi nem ouvi alguém se queixar de estar sentindo dores de cabelo.
E se, realmente, as pessoas sentissem dores de cabelo, como ficaria a situação profissional do cabeleireiro?

Não é mesmo?
Pode? rsrsrs

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

BURRO É UM BURRO, OU É UMA BESTA?


Já me perguntaram, certa vez: por que o burro empaca? Como, naquele momento, não encontrei uma resposta satisfatória, respondi que o burro empaca porque é burro.
Depois fiquei pensando: o burro empaca porque é burro (empacar é da natureza do burro), ou o burro empaca porque é burro (falta inteligência ao burro), ou é porque o burro é uma besta? Mas nem toda besta empaca... Hum!
Foi assim que acabei empacado...
Mas, e agora??? vão achar que sou burro, sem ser o tal burro!!!   (Este cara aí de cima sempre aparece com histórias do tipo) Pode?

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

ERA UMA VEZ MESMO

Era uma vez,  uma vez, quando tudo começou. No princípio tudo não passou de um início, que nascia naquele momento. Não poderia continuar, se não fosse dado a largada inicial, e aquela vez foi só a partida. 
A partir do primeiro passo surge o desenrolar desta história, que tem muita semelhança com outras, do mesmo gênero. Mas vamos deixar de conversa fiada e continuar a nossa história, era uma vez ...uma vez...enfim, era uma vez mesmo.

Conclusão: Não é obrigatório contar uma história depois do "Era uma vez"...No caso, narrado acima, era uma vez, era uma vez mesmo.

SEMÁFORO SUSPENSO

Num lugar muito distante, inventaram um semáforo e o colocaram lá no céu, bem alto, um sinal destinado a aviões, para que os mesmos não corressem o risco de se chocarem no ar. O inventor só esqueceu que, quando o sinal fecha, os aviões têm que parar para que os outros que estão no lado onde o sinal abre, possam passar.
Conclusão: acabaram as colisões, porém aumentaram em muito as quedas.
Talvez o referido semáforo dê certo com helicópteros.


Obs. esta historinha é totalmente fictícia, é claro. Só para descontrair. Talvez possa até ser usada como uma metáfora. Não sei... 

ACORDEI


Relógio, tempo, hora, futuro,
minutos apressados, correm demais.
Mal terminei de acabar o dia,
e ele já não existe mais.
Sensação de não ter espera!
Para evitar essa loucura,
Com raiva quebrei o relógio,
uma das fontes desta tortura.
De nada adiantou essa tolice,
porque ao tirar do rosto o lençol, 
vi pela janela do quarto,
que a lua deu lugar a luz do sol.

Acordei, ainda bem! 
Tem gente que nem isso faz.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

SELEÇÃO DE BONS ELEMENTOS


Se flamenguista (corintiano idem) tem fama de mau elemento e quem não gosta de samba, bom sujeito não é, conclui-se  que tirando eu, minha família, você e sua família, o que sobra não presta. 
Tem mais alguém para colocar do lado dos bons?

sábado, 8 de setembro de 2012

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

QUEM SABE

Quando você ouvir barulho estridente, a todo volume, em aparelho de som de algum vizinho, sorria. Pois pode ser que um dia, esse barulho, finalmente, se transforme em música. Milagres podem acontecer.

rs

terça-feira, 4 de setembro de 2012

A GRANDE PASSARADA


Passarinhas,
passarões,
mil avetas,
e pardalhos,

se escondem,
se encontram
nas vinhetas,
nos carvalhos,

só acalmam
suas asas,
na chegada
dos orvalhos,

como é grande
a passarada,
a pousar
por entre os galhos.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

PREFIRO O TRIÂNGULO NAS ....

Não me interessa conhecer, de jeito algum,  o Triângulo das Bermudas, palco de diversos desaparecimentos de aviões, barcos de passeio e navios, para os quais popularizaram-se explicações extrafísicas e/ou sobrenaturais. Mas me interessa, e gosto muito de ver, o triângulo nas bermudas das mulheres

QUE MANCADA!

O tamanco é um calçado para pessoas que não andam com perfeição. O nome já está dizendo:
"tá manco".

rsrs

CADA UMA!

Muita gente fala em rabo de foguete. Que bobagem, nunca vi foguete com rabo. Pelo que sei, foguete tem jato.

Ou estou errado?

PARECE QUE NÃO SABEM PEGAR BONDE

Duas vezes, disseram que eu havia pego o bonde andando. Numa delas, acertaram, pois eu realmente estava andando quando peguei o bonde. Na outra vez, erraram, porque, quando peguei o bonde, eu estava correndo.

Pode?   eheh